Vídeo: CIF cumpriu um minuto de silêncio em memória das vítimas do incêndio de Pedrógão Grande

LISBOA – Antes do arranque da final de singulares do Lisboa Belém Open, a organização do torneio Challenger ATP anunciou um minuto de silêncio em memória de todas as vítimas do incêndio de Pedrógão Grande, que já causou 62 mortes e 54 feridos.

O minuto de silêncio foi cumprido por todos os presentes, incluindo Oscar Otte e Taro Daniel — os protagonistas da final — e Carlos Ramos, o árbitro de cadeira do encontro decisivo do Lisboa Belém Open.

Minuto de silêncio em memória de todas as vítimas e todos os afetados pelo incêndio em Pedrógão Grande #LisboaBelémOpen

Publicado por Raquetc em Domingo, 18 de junho de 2017


Total
11
Shares
Total
11
Share