Fred Gil e Francisco Cabral na final de pares em Idanha-a-Nova

Oito dias depois, Portugal pode voltar a contar com campeões no circuito profissional: Fred Gil, precisamente o último a conquistar um título, e Francisco Cabral voltaram a confirmar o estatuto de primeiros cabeças de série para garantirem um lugar na decisão de pares do Future de Idanha-a-Nova.

A jogarem lado a lado pela primeira vez, o sintrense, de 33 anos, e o portuense, de 21, contam, para já, por vitórias os três encontros até agora realizados. Tudo porque esta sexta-feira derrotaram os norte-americanos Justin Butsch e Ryan Shane, por 7-6(0) e 6-3, para se qualificarem para a tão desejada final.

Assim, a dupla portuguesa — principal candidata ao título naquele que é o 19.º Future do ano a realizar-se em solo luso — fica a apenas um passo de conseguir o registo perfeito em Idanha-a-Nova.

A separá-los do título, Fred Gil e Francisco Cabral têm o brasileiro Filipe Brandão e o espanhol Pedro Vives Marcos, que nas meias-finais afastaram o português Gonçalo Falcão e o suíço Raphael Baltensperger (4-6, 7-6[5] e 10-4).

O encontro decisivo está marcado para as 14h deste sábado, sendo que antes (logo a partir das 10h30) têm lugar as meias-finais de singulares. Na primeira, Gil volta a medir forças com Ryan Shane, e na segunda o campeão em título, João Monteiro, defronta Raphael Baltensperger.


Total
2
Shares
Total
2
Share