João Monteiro regressa às meias-finais do Future de Idanha-a-Nova

Um ano depois de ter conquistado o título, João Monteiro quer voltar a ser feliz em Idanha-a-Nova. E esta sexta-feira, feriado de 5 de outubro, o portuense deu mais um passo nessa direção, ao carimbar o apuramento para as meias-finais do quadro principal de singulares.

Principal candidato ao título, o atual número 375 do ranking mundial teve muitas dificuldades em passar pelo espanhol Jorge Blanco Guadalupe (990.º), que nas rondas anteriores tinha derrotado Francisco Cabral e João Graça. Os parciais de 6-2, 1-6 e 6-1, ao fim de uma hora e 31 minutos de contenda, comprovam a dureza da tarefa do antigo campeão nacional absoluto.

Com a presença nas meias-finais já confirmada, João Monteiro (que há duas semanas alcançou o melhor resultado do ano ao sagrar-se vice-campeão do Palmela Open, numa final onde dispôs de um match point) já sabe qual será o seu adversário. Trata-se de Raphael Baltensperger, suíço de 20 anos que ocupa o 840.º lugar e no início da jornada levou a melhor sobre Tiago Cação.


Total
20
Shares
Total
20
Share