Djokovic avassalador bate Anderson e chega à sétima final no ‘Masters’

“Ele está numa missão”: Novak Djokovic obteve na noite deste sábado a sua quarta vitória consecutiva em sets diretos na 02 Arena, em Londres, conseguindo desse modo a qualificação para a final do Nitto ATP Finals 2018.

Depois de uma primeira meia-final resolvida a favor de Alexander Zverev em duas partidas, o número um mundial também só necessitou de dois parciais para levar a melhor facilmente sobre o estreante Kevin Anderson, por 6-2 e 6-2, em uma hora e 15 minutos de um embate de sentido único.

A chave do encontro esteve nas entradas a todo o gás por parte de Djokovic: tanto no primeiro como no segundo set, o sérvio quebrou o serviço de Anderson (uma das principais armas do seu jogo, senão mesmo o maior) logo no jogo inaugural, o que lhe permitiu gerir o rumo dos acontecimentos a seu belo prazer a partir daí, dando-lhe maior confiança e segurança face à menor margem de manobra do gigante sul-africano, que ficou naturalmente mais desmoralizado.

Desse modo, o campeão das edições de 2008 (a última sediada em Xangai, na China), 2012, 2013, 2014 e 2015 do ‘Masters’ avança para a sua sétima decisão da cimeira de elite (só perdeu a de 2016, contra Andy Murray) e procura igualar o registo de seis títulos do recordista Roger Federer quando amanhã, domingo, medir forças com ‘Sascha’ Zverev (nunca antes das 18h de Portugal Continental).


Total
2
Shares
Total
2
Share