Tiago Cação continua imparável e chega à final mais importante da carreira

Tiago-Cação
Depois de Vale do Lobo, Tiago Cação vai jogar em Carcavelos a segunda final em torneios Future

CARCAVELOS – O ano de 2018 está a começar da melhor forma para Tiago Cação (852.º ATP), que em Vale do Lobo, no Algarve, jogou a primeira final de singulares no circuito profissional e este sábado garantiu o acesso a nova decisão — agora em Carcavelos, e num torneio de 25.000 dólares.

Com apenas 20 anos, o jovem português está a protagonizar uma campanha notável na terra batida do Carcavelos Ténis. De outdoorindoor, e sempre contra jogadores mais cotados, tem feito frente a todos aqueles que se atravessam no seu caminho. E de que maneira.

Ora veja-se: se para trás já tinha deixado o sétimo cabeça de série, Boy Westerhof, e o terceiro, João Monteiro, este sábado foi a vez de se impôr ao holandês Miliaan Niesten, número 718 do ranking (mas que em 2013 chegou a ser o 431.º), com os parciais de 6-4 e 7-5.

O encontro foi disputado num dos três campos cobertos do Carcavelos Ténis devido à chuva que se fez sentir ao longo de toda a manhã, mas isso não pareceu incomodar Cação, que deu a todos aqueles que se deslocaram ao clube cascalense razões várias para o aplaudirem.

Porque à já habitual consistência psicológica aliou, também, a cada vez mais constante consistência do seu jogo, foi sempre quem procurou mais a iniciativa e, por consequente, mais dificuldades criou ao adversário. Ora, assim seria apenas uma questão de tempo até as primeiras “feridas” no marcador começarem a surgir, e o primeiro break chegou logo ao terceiro jogo.

Se no início ainda se apresentava algo preso, o já fluído jogo foi ficando cada vez mais “solto” e as pancadas (ainda) mais sólidas, o que fez com que Niesten, canhoto, nunca se visse capaz de lhe roubar a iniciativa do encontro.

Somada a quarta vitória consecutiva no Carcavelos Ténis, Tiago Cação alcança a final mais importante da carreira. O adversário só será conhecido mais tarde, mas até pode vir a ser o mesmo a que causou muitas dificuldades na tal final de Vale do Lobo: o compatriota Frederico Silva, que este ano já conquistou dois títulos e procura chegar à quarta decisão. O adversário do caldense, quinto candidato ao título, é o espanhol Eduard Esteve Lobato, oitavo cabeça de série.

Tiago Cação [WC/POR] vs. Miliaan Niesten [HOL], meia-final do #CascaisNextGenTour:

Publicado por Raquetc em Sábado, 21 de abril de 2018


Total
44
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
44
Share