João Zilhão: “Esta semana vão acontecer muitas coisas, por isso vamos fazer uma gestão diária”

João Zilhão
Fotografia: Millennium Estoril Open

CARCAVELOSJoão Zilhão, o diretor do Millennium Estoril Open, esteve no Carcavelos Ténis a acompanhar o derradeiro dia do Cascais NextGen Tour. E, como tal, falou ao Raquetc sobre a segunda edição do circuito de torneios Future mas, também, do que aí vem para o ATP 250 português naquela que promete ser uma semana recheada de acontecimentos.

Sobre o conjunto de provas de categoria ITF, que se integra no “Road to Millennium Estoril Open”, João Zilhão afirma que “estamos extremamente contentes por ter voltado a oferecer quatro semanas de muito bom ténis, desta vez com um prize money maior, mais pontos e competição em disputa e por hoje ter visto dois portugueses a jogar uma grande final, porque mostra que o ténis português está cada vez com melhor nível.”

“Foi uma excelente preparação para o Millennium Estoril Open e que me deixou muito contente porque o nível de ténis foi muito bom“, disse ainda o diretor do único ATP 250 disputado em Portugal, que nos próximos dias revelará os nomes dos jogadores escolhidos para receberem o último wild card para o qualifying e os dois que ainda faltam atribuir para o quadro principal.

Porque, como o próprio afirmou este domingo, “esta semana vão acontecer muitas coisas, por isso vamos fazer uma gestão diária e quase hora a hora. Vamos ter de estar atentos ao que se está a passar lá fora, onde há jogadores a jogar a um nível de provas ainda mais elevado, os Challengers, e temos de estudar tudo: quem entra direto, quem não entra, o que é que acontece no quadro principal, se o Gastão Elias consegue entrar diretamente ou não, há muitos pontos de interrogação.”

“Mas não estamos pressionados para tomar nenhuma decisão nem hoje, nem amanhã, até porque, e repito, a flexibilidade e o facto de tomarmos uma decisão o mais tarde possível vai permitir que tomemos as melhores decisões.” Afinal, o deadline para todas estas escolhas é apenas na sexta-feira e até lá tudo pode acontecer, “porque também vai depender muito do que acontece em Barcelona [no ATP 500 que se joga esta semana], de pedidos que ainda estão a ser estudados e de ver como estão os portugueses.”


Total
8
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
8
Share