Frederico Silva conquista 3.º título do ano com vitória sobre Tiago Cação

CARCAVELOS – Independentemente do que acontecesse, já se sabia que a segunda edição do Cascais NextGen Tour ia terminar da melhor forma possível. Isto porque Frederico Silva e Tiago Cação tinham carimbado o apuramento para a final, garantindo um campeão português na última de quatro etapas. E acabou por ser o caldense, o mais velho e experiente dos dois, a ficar com o título (graças aos parciais de 6-2, 3-6 e 6-3), repetindo um gesto que já tinha feito por duas vezes em 2018.

E foi mesmo a experiência que ditou a forma como o encontro se desenrolou. Porque enquanto Silva, que procurava o 13.º título de carreira, conseguiu entrar desde cedo com as pancadas afinadas, Cação (que queria erguer pela primeira vez em troféu de campeão) foi assombrado pelos nervos e ficou desde logo condicionado nas suas pancadas.

Com mais erros em relação aos quatro encontros que disputou nas rondas anteriores, o jovem de 20 anos foi, assim, o mais vulnerável dos dois no serviço. O que resultou numa quebra muito precoce, logo ao primeiro jogo, e num reforçar da confiança de um Frederico Silva que esta semana já tinha garantido um wild card para o Millennium Estoril Open graças à regularidade apresentada ao longo das quatro semanas de Cascais NextGen Tour.

O passar do tempo permitiu ao mais novo dos jogadores ir, a espaços, soltando o braço, mas do outro lado do campo estava um Frederico Silva que semana após semana tem elevado ainda mais o nível de jogo (para se perceber a forma do caldense, é o português com mais vitórias esta época). E por isso foi o pupilo de Pedro Felner quem conseguiu continuar a criar dificuldades, acabando por chegar a um e outro break.

Se o primeiro parcial abriu com uma quebra de serviço para o seu lado, no segundo o cenário repetiu-se e a dada altura parecia tratar-se apenas de uma questão de tempo até que chegasse à desejada vitória, mas, e um pouco à imagem do que inicialmente se podia prever, Tiago Cação conseguiu aparecer no jogo.

Com o passar do tempo o mais novo dos dois jogadores sacudiu os nervos e a pressão causados pela circunstância e encontrou o seu melhor ténis, conseguindo recuperar do break de desvantagem para ser ele, não muito depois, a chegar a nova quebra de serviço e fechar o parcial.

Com a contenda equilibrada, qualquer “tropeção” poderia significar o fim da luta, pelo que de parte a parte houve sempre muita precaução antes de qualquer decisão com possibilidades de comprometer o encontro. Mas o momento chegou e para o lado de Frederico Silva, que ao oitavo jogo conseguiu fazer uma ferida irremediável.

Este domingo acabou por ainda não ser o dia de Tiago Cação, mas o jovem tenista que integra a equipa do Centro de Alto Rendimento só tem razões para estar satisfeito: este ano, já disputou duas finais de singulares (curiosamente ambas frente a Frederico Silva, esta última num torneio de 25.000 dólares) e continua a subir posições no ranking.

Se ao longo das semanas o discurso passava, várias vezes, pela ausência de pressão por defrontar sempre tenistas mais cotados, a continuar nesta forma o tenista de Peniche passará a ser rapidamente favorito frente a vários dos adversários que tiver pela frente.

Frederico Silva [5/POR] vs. Tiago Cação [WC/POR], FINAL do #CascaisNextGenTour:

Publicado por Raquetc em Domingo, 22 de abril de 2018

13 títulos e o embalo perfeito para o regresso para a semana mais especial

Ao vencer este domingo no Carcavelos Ténis, Frederico Silva chega aos 13 títulos e iguala o registo do ano de 2015, em que conquistou 3 títulos no circuito profissional (até aqui o seu melhor registo). É que antes de Carcavelos o jogador das Caldas da Rainha já tinha vencido duas provas no Algarve (em Loulé e em Vale do Lobo), não esquecendo a outra final que jogou neste Cascais NextGen Tour — no Lisboa Racket Centre.

São, por isso, quatro finais em seis torneios disputados até à data esta época, o que se traduz no “embalo” perfeito para o regresso a um palco de excelentes recordações: o Millennium Estoril Open será o seu próximo torneio, tendo para já assegurada a participação na fase de qualificação.


Total
14
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
14
Share