3.º Óbidos Ladies Open fica órfão de representantes portuguesas

MJ Koehler

Ao final da jornada desta quinta-feira já há uma certeza: tal como nas últimas duas semanas, não haverá nenhuma tenista lusa nos quartos de final do 3.º Óbidos Ladies Open, que encerra uma série de três torneios ITF de 25.000 dólares consecutivos realizados na Bom Sucesso Tennis Academy e dos quais o RAQUETC é media partner.

Depois do desaire de Francisca Jorge esta manhã, tanto Cláudia Gaspar como Maria João Koehler não evitaram também elas a derrota e acabaram assim afastadas na segunda ronda.

Gaspar, contemplada com um wild card por parte da organização do evento e vinda de uma excelente vitória sobre Inês Murta, não resistiu à sexta pré-designada, a turca Pemra Ozgen (374.ª), e saiu de cena pelos parciais de 6-0 e 6-2 em apenas 56 minutos de contenda.

Já Koehler, oriunda do qualifying e atual número 727 mundial, abandonou devido a lesão no joelho direito o duelo com a primeira cabeça de série, a australiana Arina Rodionova (131.ª), numa altura em que já perdia por 6-0 e 1-0 ao cabo de 35 minutos.

Amanhã será dia de se jogarem os quartos de final da variante de singulares, bem como ainda a grande final da vertente de pares, que opõe as principais favoritas, a britânica Freya Christie e a belga An Sophie Mestach, às espanholas Estrella Cabeza-Candela e Angela Fita Boluda.


Total
2
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
2
Share