Leonor Oliveira não resiste à primeira pré-designada e fica pelo caminho

Acabou esta quinta-feira a melhor semana da curta carreira de Leonor Oliveira no circuito profissional, que a viu conquistar o seu primeiro ponto para o ranking: a jovem portuguesa de apenas 16 anos foi eliminada nos oitavos de final do Seixal Ladies Open.

Galardoada com um convite por parte da organização da prova e vinda da primeira vitória em quadros principais deste nível (torneios de categoria ITF de 15.000 dólares), a atleta do CAR – Centro de Alto Rendimento tinha pela frente a jogadora mais cotada do evento seixalense, a húngara Panna Udvardy (400.ª), e o que se esperava um teste bastante duro acabou por se espelhar no resultado final: parciais de 6-3 e 6-0, em 57 minutos, favoráveis à tenista forasteira treinada por João Cunha e Silva.

Posto isto, a variante de singulares da competição que se realiza no Clube Recreativo e Desportivo Brasileiro Rouxinol fica agora órfã de representantes lusas, existindo, contudo, ainda três duplas portuguesas em ação na vertente de pares: Francisca Jorge e a espanhola Maria José Luque Moreno, Sofia Sualehe e a grega Anastasia Rentouli e Inês Teixeira e a ucraniana Elizabet Hamaliy.


Total
2
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
2
Share