Em francês ou em espanhol. Já são conhecidas as finalistas do Figueira da Foz International Ladies Open

FIGUEIRA DA FOZ – Primeiro Jessika Ponchet, depois Eva Guerrero Alvarez. As meias-finais de singulares do Figueira da Foz International Ladies Open foram decididas em terceiros sets e colocam frente a frente uma francesa e uma espanhola na grande decisão, marcada para as 15h de domingo.

Principal candidata ao título no que à variante de singulares diz respeito, Ponchet — a número 236 do mundo — teve de lutar muito para superar a qualifier argentina Victoria Bosio, que “entrou com tudo” e venceu o primeiro set. Só que depois a sul-americana ficou sem gás e quem aproveitou foi a gaulesa, que em 2h02 venceu, por 4-6, 6-2 e 6-1.

E assim, Jessika Ponchet garantiu o apuramento para a segunda final da semana, dado que também em pares vai lutar pelo título — ainda este sábado, joga a decisão de pares ao lado da bielorrussa Sviatlana Pirazhenka.

No segundo e último encontro de singulares da jornada, foi a vez de Eva Guerrero Alvarez somar a quarta vitória no Tennis Club da Figueira da Foz. Atual número 467 do ranking, a espanhola de apenas 18 anos impôs-se à francesa Irina Ramialison (sétima favorita) por 6-0, 0-6 e 6-4, em apenas 1h43, e vai lutar pelo primeiro título de 25.000 dólares da carreira.

A final de singulares do 2.º Figueira da Foz International Ladies Open está marcada para as 15h de domingo e contará com transmissão em direto no Facebook do Raquetc. Prometido está, também, o sorteio de uma raquete autografada por João Sousa entre todos aqueles que marquem presença durante o encontro decisivo.


Total
22
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
22
Share