Melnikova e Gutierrez Carrasco encontram-se na final do Jamor Magnesium-K Active Ladies Open

Sara Falcão/FPT

A russa Marina Melnikova (201.ª classificada no ranking WTA) e a espanhola Maria Gutierrez Carrasco vão defrontar-se na final de singulares do Jamor Magnesium-K Active Ladies Open, torneio internacional feminino de 25.000 dólares organizado pela Federação Portuguesa de Ténis no Complexo Desportivo do Jamor, em Oeiras. Nos pares, o título sorriu à húngara Adrienn Nagy e à sul-coreana Sohyun Park.

A primeira tenista a garantir a passagem à final foi Maria Gutierrez Carrasco. A tenista espanhola resolveu o assunto em duas partidas, ao surpreender a quinta cabeça de série, Katharina Gerlach (241.ª), com os parciais de 6-3 e 6-3 quando estava decorrida 1h48 de encontro.

Aos 23 anos, Gutierrez Carrasco vai disputar a terceira final de singulares da carreira no circuito internacional, todas em Portugal: em 2019 conquistou o ITF de 15.000 dólares de Santarém, em 2020 foi vice-campeão do ITF de 15.000 dólares realizado no CETO — Clube Escola de Ténis de Oeiras, final que perdeu para a atual top 100 Clara Tauson, da Dinamarca.

Do outro lado da rede, a tenista do país vizinho terá outra jogadora que conhece a sensação de disputar finais internacionais em Portugal, mas em pares: finalista do ITF de 60.000 dólares realizado neste mesmo Complexo Desportivo do Jamor, há duas semanas, e campeã no Clube Escola de Ténis de Oeiras, há oito dias, Marina Melnikova confirmou o estatuto de segunda cabeça de série e derrotou em três sets a canadiana Carol Zhao (421.ª, mas que chegou a ser 131.ª em junho de 2018), por 6-1, 4-6 e 7-5, e ficou a um passo de conquistar o sétimo título da carreira na variante individual — primeiro desde 2019.

O encontro deste domingo, marcado para as 10h30, servirá de “tira-teimas”: Maria Gutierrez Carrasco levou a melhor no primeiro encontro (ITF de 60.000 dólares de Les Franqueses del Valles, em piso rápido), Marina Melnikova no segundo (ITF de Maiorca, também em piso rápido e já este ano).

A fechar a jornada deste sábado, a húngara Adrienn Nagy e a sul-coreana Sohyun Park sagraram-se campeãs de pares, ao derrotarem a indiana Riya Bhatia e a brasileira Gabriela Cé em duas partidas, por 6-4 e 6-0 depois de 57 minutos de encontro.

Para Park, tratou-se do segundo título do ano e da carreira, enquanto Nagy celebrou pela quarta vez em 2021 e sexta na carreira.


Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
0
Share