Gastão Elias regressa ao Porto Open com uma vitória a dois ritmos

PORTO — De regresso a um dos palcos onde que foi mais feliz na última temporada, Gastão Elias (240.º do ranking mundial) teve de batalhar durante 2h22 para derrotar o holandês Sem Verbeek por 6-7(9), 6-4 e 6-1 e carimbar o apuramento para a segunda ronda do Porto Open, que este ano foi promovido ao ATP Challenger Tour.

Último português a entrar em ação, o tenista da Lourinhã juntou-se aos compatriotas Frederico SilvaGonçalo Oliveira na segunda eliminatória do maior torneio da cidade invicta graças a uma reviravolta num encontro que se dividiu em dois atos: no primeiro set, Elias revelou a natural falta de adaptação ao piso rápido, em que não competia há três meses e meio, e apesar de não ter enfrentado qualquer ponto de break perdeu o tie-break com uma dupla falta; depois, o ex-top 60 mundial conseguiu recompor-se, foi paciente e pouco a pouco ganhou o à vontade necessário para “deslizar” no piso rápido do court central do Complexo Desportivo do Monte Aventino, acabando por desenhar com tranquilidade a recuperação depois de vencer a segunda partida.

Já com uma vitória “no bolso”, Gastão Elias marcou encontro com Denis Istomin. Aos 34 anos, o tenista do Uzbequistão ocupa o 188.º lugar do ranking mundial e defende o estatuto de oitavo cabeça de série, mas chegou a ser 33.º em agosto de 2012 e conta com dois títulos ATP no currículo. Na primeira ronda do Porto Open, o uzbeque superou Guido Andreozzi por 6-4 e 6-3.


Total
2
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
2
Share