Sakkari impõe primeira derrota no US Open a Andreescu em maratona épica

Garrett Ellwood/USTA

A jornada de segunda-feira no US Open fechou em grande. Maria SakkariBianca Andreescu, a campeã de 2019, batalharam durante três horas e 30 minutos por um lugar nos quartos de final. A vitória sorriu à tenista grega, que recuperou de um set de desvantagem para vencer por 6-7[2], 7-6[6] e 6-3 e quebrar a invencibilidade de Andreescu em Flushing Meadows, onde a canadiana tinha dez vitórias em outros tantos encontros.

A melhor entrada no encontro pertenceu à número sete mundial, que defendia em Nova Iorque os pontos relativos ao título de 2019. Andreescu venceu os primeiros três jogos e teve um break point para atingir o 4-0 e a vantagem de duplo break, mas não capitalizou. A recuperação de Sakkari deu-se pouco depois, com a grega a vencer também três jogos em seguida para transformar uma desvantagem de 1-4 numa igualdade a quatro.

set entrou numa fase decisiva e Andreescu teve o primeiro set point quando Sakkari servia a 5-6, mas a helénica conseguiu empurrar a decisão para o tiebreak. No desempate, Bianca Andreescu jogou a um grande nível e venceu sete dos nove pontos jogados para se adiantar no marcador e ficar mais perto de atingir os quartos de final.

A segunda partida arrancou com uma troca de breaks durante quatro jogos e que deixou tudo na mesma, já que foram duas quebras de serviço para cada lado. Com Sakkari a servir a 4-4, Andreescu espreitou um break que podia ter sido decisivo, mas não conseguiu capitalizar. A canadiana teve mais duas oportunidades quando a adversária servia a 5-5, mas voltou a não conseguir ser eficaz e a segunda partida também seguiu para o tiebreak.

Sakkari parecia bem encaminhada para fechar confortavelmente o segundo set, mas complicou na reta final. A número 18 mundial viu três set points evaporarem-se e Andreescu recuperar de 3-6 para 6-6, antes de um quarto set point aparecer para a grega e Andreescu não conseguir evitar a perda do set. No terceiro parcial, Bianca Andreescu foi a primeira a chegar ao break, mas não conseguiu confirmar o mesmo e Sakkari arrancou para um terceiro set muito bem conseguido, onde quebrou o serviço da adversária em três momentos.

Pela primeira vez apurada para os quartos de final do US Open, a tenista de 26 anos vai agora tentar replicar o sucesso de Roland-Garros, onde atingiu as meias-finais (o melhor resultado de sempre em torneios do Grand Slam). Para isso, Sakkari terá de superar a checa Karolina Pliskova (4.ª WTA), que venceu Anastasia Pavlyuchenkova (15.ª WTA) por 7-5 e 6-4.


Total
2
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
2
Share