Nikola Milojevic confirma favoritismo e garante final do Braga Open

Sara Falcão/FPT

Braga – Nikola Milojevic, quarto cabeça de série, derrotou o qualifier espanhol Nikolas Sanchez Izquierdo com os parciais de 6-2 e 6-4 para se juntar a Thiago Monteiro na grande final do Braga Open e garantir a terceira decisão do ano.

Ao contrário da meia-final anterior e dos encontros por terminar dos quartos de final, este duelo foi realizado no court 2, ao ar livre. Após um primeiro set tranquilo para o sérvio de 26 anos (ainda que tenha recuperado de um break madrugador), onde Milojevic foi o mais agressivo e somou quatro quebras de serviço, a chuva voltou a aparecer e forçou a interrupção do embate até à recuperação das condições do court.

O segundo parcial foi o mais equilibrado e Sanchez Izquierdo (350 do ranking atp), a disputar o segundo encontro do dia depois de ter batido Taro Daniel, segundo pré-designado, na parte da manhã, garantiu o primeiro break ao sétimo jogo que parecia encaminhar tudo para um set decisivo. Milojevic (148.º) teve outras ideias e arrecadou os três jogos seguintes, selando o acesso à final ao quarto match point, após um passing shot que aterrou no corredor de pares.

Ouvido o ‘game, set and mats’, Nikola Milojevic já sabe que terá de bater o brasileiro Thiago Monteiro (primeiro cabeça de série e 90º do ranking) se quiser somar o segundo título Challenger do ano e quarto da carreira, naquele que será o terceiro encontro decisivo de 2021, segundo consecutivo depois da final perdida em Banja Luka,  e décimo da carreira.

 


Total
50
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
50
Share