Campeão do Braga Open, Thiago Monteiro enaltece “o carinho de toda a gente” e promete voltar a Portugal

Sara Falcão/FPT

BRAGAThiago Monteiro nunca tinha competido em Portugal, mas a partir de agora não quer outra coisa: o número 90 do mundo conquistou a terceira edição do Braga Open perante centenas de adeptos, muitos deles brasileiros, e sentiu-se verdadeiramente em casa, pelo que não só irá a jogo no Del Monte Lisboa Belém Open, já na próxima semana, como na despedida do Clube de Ténis de Braga prometeu voltar ao país em breve.

“Foi bem legal. Estava cheio, não esperava tanta gente, mas a comunidade brasileira era grande e tinha várias bandeiras e camisolas. Foi algo que me deu bastante motivação e bastante energia, na verdade ao longo de toda a semana eu senti o carinho do pessoal e isso é muito gratificante, então eu tinha de dar o meu melhor na quadra e ter uma boa postura. Fico feliz por também ter conseguido dar-lhes este título”, explicou o tenista do Brasil na derradeira conferência de imprensa da semana.

Sobre a final, em que derrotou o sérvio Nikola Milojevic por 7-5 e 7-5, o primeiro cabeça de série admitiu ter sido “um encontro extremamente difícil, só dois sets, mas com duas horas e meia e muitos jogos cruciais decididos nos detalhes e quebras para um lado e para o outro.”

“Prevaleceu a mentalidade positiva e a boa concentração nos momentos chave”, acrescentou Thiago Monteiro, que ainda explicou que na final deste domingo “as condições [de jogo] estavam bem lentas, então o jogo estava muito equilibrado, com pontos logos, por isso a chave foi sem dúvida manter a tranquilidade. Saio daqui mais confiante e muito feliz por ter conquistado o objetivo principal desta gira.”


Total
2
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
2
Share