João Domingues regressa a uns quartos de final quase dois anos depois

Beatriz Ruivo/Del Monte Lisboa Belém Open

LISBOA — Apesar de estar fisicamente limitado, João Domingues (número 238 ATP) continua a agarrar-se com unhas e dentes à oportunidade de competir mais uma vez em casa e esta quinta-feira qualificou-se para os quartos de final do Del Monte Lisboa Belém Open ao derrotar o qualifier polaco Daniel Michalski (484.º) por claros 6-2 e 6-2.

Num encontro de contrastes, o tenista oliveirense de 27 anos praticamente não cometeu erros, enquanto o adversário polaco não conseguiu replicar o nível que lhe permitiu eliminar o segundo cabeça de série, Taro Daniel. Juntas, as condições resultaram num duelo totalmente dominado pelo tenista da casa, que assim garantiu o apuramento para uns quartos de final pela primeira vez desde novembro de 2019, na Maia.

Num abrir e fechar de olhos, Domingues colocou-se com 4-0 de vantagem e a partir daí o encontro ficou ‘no bolso’, variando muito a altura da bola frente a um adversário que gosta de ritmo de jogo. Uma vez mais, tal como no embate frente a Tiago Cação, dominou o court com a sua direita e Michalski, talvez desgastado pelo embate de mais de três horas da primeira ronda, ficou com imensas dificuldades em ser oposição ao português, antigo 150 do ranking ATP.

De volta a uns quartos de final no ATP Challenger Tour, João Domingues terá como adversário o cazaque Dmitry Popko, oitavo cabeça de série da competição e também quarto finalista na edição passada, onde cedeu perante Pedro Sousa. Será um primeiro confronto entre ambos e em jogo estará um lugar nas meias-finais.


Total
30
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
30
Share