Novak Djokovic não vai a Indian Wells e falha todos os Masters 1000 norte-americanos

O sérvio Novak Djokovic não vai jogar o Masters 1000 de Indian Wells. A desistência do número um mundial foi oficializada esta quarta-feira e confirma que Djokovic vai terminar a época sem disputar qualquer um dos quatro torneios da categoria Masters 1000 que se disputam na América do Norte.

Depois de também não ter marcado presença em Miami, Toronto e Cincinnati, o sérvio disputou o US Open e ficou a uma vitória de alcançar o Calendar Grand Slam. Agora, com Indian Wells à porta, o tenista de 34 anos optou por permanecer em Belgrado para planear o que se segue.

“Estamos desapontados com o facto do Novak não se poder juntar a nós este outono”, afirmou o alemão Tommy Haas, diretor do torneio. “Esperamos vê-lo novamente no Paraíso do Ténis em março para lutar pelo sexto título no deserto e estabelecer um novo recorde”, acrescentou o ex-tenista.

Cinco vezes campeão de Indian Wells, Djokovic podia alcançar esta temporada o recorde de troféus na prova, caso chegasse à sexta coroa. A tentativa fica adiada para 2022 e Indian Wells vai ter uma edição inédita: é a primeira vez desde 2000 que Novak Djokovic, Roger Federer e Rafael Nadal estão ausentes da prova em simultâneo.


Total
2
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
2
Share