Andy Murray não resiste a Casper Ruud e falha acesso aos ‘quartos’ em San Diego

Depois de um arranque muito autoritário no ATP 250 de San Diego, Andy Murray viu chegar ao fim a sua campanha em terras californianas, com um desaire consumado na madrugada desta sexta-feira perante Casper Ruud, décimo cotado mundial e segundo pré-designado, ao cabo de uma hora e 50 minutos.

O antigo número um mundial — agora na 109.ª posição — até começou por liderar o rumo dos acontecimentos, mas o bom ritmo do norueguês pôs termo às aspirações do britânico, já que carimbou os parciais de 7-5 e 6-4 para ocupar um dos lugares dos quartos de final do novo torneio do circuito masculino. A primeira quebra de serviço foi aplicada por Andy Murray, que se colocou na frente do primeiro parcial por 3-1. Mas a vantagem foi efémera e Casper Ruud recuperou dos danos sofridos para conseguir a remontada e evitar o tiebreak.

O ascendente pertenceu ao jovem nórdico e o segundo set arrancou a seu favor. A vitória parecia estar ao virar da esquina, mas Andy Murray não se deu por vencido e complicou a vida a Ruud. Contudo, uma troca de dois breaks para cada lado na reta final da partida não foi suficiente para a ida ao derradeiro parcial e o mais cotado dos tenistas garantiu a viagem para a próxima ronda.

Nos quartos de final, Ruud já tem adversário definido: vai enfrentar o italiano Lorenzo Sonego, 23.º ATP e nono cabeça de série em San Diego, que para trás deixou Nikoloz Basilashvili e Sebastian Korda, com vitórias cimentadas em dois sets.


Total
2
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
2
Share