Hugo Gaston nas meias-finais com “ajuda” de Cedrik-Marcel Stebe

Beatriz Ruivo/Del Monte Lisboa Belém Open

LISBOA — Ainda à procura do primeiro título da carreira no ATP Challenger Tour, Hugo Gaston deu mais um passo na direção do objetivo, ao avançar para as meias-finais do Del Monte Lisboa Belém Open com alguma ajuda de Cedrik-Marcel Stebe, que desistiu devido a uma lesão na perna direita quando o tenista francês liderava por 7-6(3) e 4-3.

Num encontro transferido para o Court Lisboa e que terminou já perto do fim da luz natural, o talentoso francês (116 do ranking ATP) recuperou de uma desvantagem inicial para ser mais forte no desempate do set inaugural. Terminado essa parcial, Cedrick-Marcel Stebe recebeu assistência médica na perna direita, um problema sentido apenas com o decorrer do embate e que não fazia antever o desfecho do encontro.

Mas a 4-3 do segundo parcial, já com break a favor de Gaston, o alemão (160.º) viu-se forçado a abandonar, entregando ‘de bandeja’ a passagem às meias-finais para o tenista de 20 anos.

Hugo Gaston carimba, assim, lugar pela terceira vez numa meia-final em solo português, depois de ter atingido essa fase em Maio, no Jamor, no Challenger de 125.000 dólares, e na semana anterior em Braga. Para já, o saldo é 100% negativo, já que perdeu em ambas as ocasiões, para Facundo Bagnis e Thiago Monteiro, respetivamente.

O antigo número dois mundial de juniores lutará amanhã pela quarta final do ano na categoria e pela quinta no computo geral (disputou também uma discussão de título num ATP, em Gstaad). O adversário que o separa do encontro decisivo é o cazaque Dmitry Popko, carrasco de João Domingues anulando dois match points.

À terceira será de vez em Portugal para Hugo Gaston? Este sábado no segundo encontro das 11h a resposta será dada.


Total
2
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
2
Share