Tiago Silva carimba passaporte para a terceira ronda em Portimão

O português Tiago Silva assegurou esta quarta-feira o acesso à terceira ronda de singulares masculinos no Portimão Junior Open ITF U18. O jovem de 16 anos, que defende o estatuto de 15.º cabeça de série, juntou-se a Nuno Pinheiro, que também venceu o seu compromisso da segunda ronda esta quarta-feira.

O tenista luso, 1450.º classificado no ranking mundial de juniores, impôs-se em dois sets ao irlandês Alexandre Vrel-Nagel, que não tem ranking. Tiago Silva venceu por 6-0 e 7-5 para colecionar o segundo triunfo em Portimão, novamente sem ceder qualquer set. Na terceira ronda, o português vai defrontar o espanhol Julian Alonso, terceiro favorito ao título.

Ainda no quadro masculino, Duarte Correia não teve argumentos para contrariar o belga Niels Ratiu e cedeu por 6-3 e 6-1, os mesmos parciais pelos quais João Gonçalves cedeu frente ao suíço Adrien Berrut, quarto pré-designado. Guilherme Cruz também foi afastado em dois sets por Alec Gaudin, com os parciais de 6-2 e 7-5, e David Gomes esteve perto da vitória, mas acabou derrotado por Yan Kodjoed pelos parciais de 1-6, 6-2 e 6-2.

No quadro feminino, que esteve recheado de vitórias lusas, o último embates do dia acabou por não ser tão favorável às cores nacionais. Jéssica Para foi derrotada em três sets por Maria Gaia Meneguzzo, pelos parciais de 4-6, 6-4 e 6-1.

Também esta quarta-feira se disputou a segunda ronda de pares, com resultados mistos para as cores nacionais. Mariana Campino, ao lado da búlgara Yoana Dudova, triunfou por 6-3 e 6-2 sobre as compatriotas Raquel Álvaro e Laura Bettencourt e segue para os quartos de final. A Campino juntam-se Constança Azinhaga e Lena Couto, também elas com parceiras estrangeiras. A primeira, que faz parceria com a belga Pauline Lerminiaux, venceu as quintas favoritas ao título, Laura Galdano e Alina Laptieva, por 7-6[2] e 6-1. Lena Couto, por sua vez, uniu novamente esforços com a russa Valeria Avdeeva para afastar as portuguesas Analu Freitas e Angelina Voloshchuk por 6-4 e 6-3. Afastadas esta quarta-feira foram Maria Pinto e Sofia Pinto (0-6 e 4-6 frente a Sara Borkop e Cecilie Agerbek Fridthjof), Mafalda Almeida e Isabel Gonçalves (0-6 e 4-6 frente a Vittoria Benedetti e Maria Gaia Meneguzzo) e Lara Gonçalves (jogou ao lado da lituana Tia Kaukenas e cedeu por 1-6, 6-4 e 5-10 para Julia Daroszewska e Dominika Podhajecka).

Nos pares masculinos, Tiago Boschmans e Daniel Marincas confirmaram o estatuto de oitavos cabeças de série diante dos compatriotas Tiago Abreu e Rodrigo Fernandes com os parciais de 3-6, 6-3 e 10-2. Também Nuno Pinheiro e Tiago Silva, os dois vencedores do dia nos singulares, uniram esforços para derrotar Tudor Batin e Lukas Rais por 4-6, 6-3 e 10-4. A estes dois pares junta-se ainda o par formado por Filipe Grebentsov e Filipe Krohn da Silva, que continua em prova após ter derrotado Nicolas Dispas e Timeo Gaillard por 7-6[3] e 6-3. Menos sorte tiveram Gonçalo Marques e Luís Miguel Saraiva (0-6 e 2-6 frente a Adrian Cristian Gheorghe e George Russell), bem como Vicente Faria e João Martins (5-7 e 3-6 frente a Filip Avdeev e Charlie Robertson).


Total
2
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
2
Share