Nuno Pinheiro e Lena Couto avançam para as meias-finais em Portimão

Os portugueses Nuno Pinheiro (na foto) e Lena Couto apuraram-se esta sexta-feira para as meias-finais do Portimão Junior Open ITF U18. Os dois tenistas lusos foram os únicos “da casa” a vencer nos quadros de singulares, mas as provas de pares também trouxeram vitórias do tenistas portugueses.

A atravessar um bom momento de forma, Nuno Pinheiro garantiu esta sexta-feira o apuramento para umas meias-finais no circuito júnior pela segunda vez nas últimas três provas que disputou. Sétimo favorito ao título, o atleta luso superou Yan Kodjoed por 6-4, 4-6 e 7-6[2] para atingir o top 4 do torneio.

Nas meias-finais, Pinheiro vai medir forças com o nono cabeça de série, o suíço Florent Limani. O helvético foi responsável por afastar Tiago Silva, o outro tenista luso ainda em prova nos singulares masculinos, pelos equilibrados parciais de 7-5 e 7-6[5]. A outra meia-final vai colocar frente a frente o britânico George Russell (venceu Joan Nadal Vives por 7-6[7], 3-6 e 6-1) e o belga Niels Ratiu (derrotou Lukas Rais por 6-4, 4-6 e 6-4).

11.ª cabeça de série no quadro feminino, Lena Couto não teve dificuldades de maior para superar a espanhola Irene Fuster Hidalgo. A jovem de 14 anos voltou a não ceder qualquer set, tal como em todos os embates anteriores, e venceu pelos parciais de 6-4 e 6-0.

Nas meias-finais, Couto vai defrontar a oitava favorita ao título, a marroquina Amina Zeghiouli. A tenista africana foi responsável esta sexta-feira pelo afastamento de Sofia Pinto, a 15.ª cabeça de série. Zeghiouli foi mais forte que a portuguesa e venceu por 6-3 e 6-4.

A outra meia-final feminina vai opor a francesa Laura Galdano, 12.ª pré-designada, à norte-americana Baylen Brown, décima melhor cotada. Brown colocou um ponto final na campanha da espanhola Blanca Picó Navarro, que tinha afastado Mariana Campino na ronda anterior, com os parciais de 6-4, 4-6 e 6-4. Galdano, por outro lado, operou uma reviravolta diante da portuguesa Maria Garcia, com os parciais de 4-6, 6-2 e 6-3.

Nos quadros de pares, há garantia de uns campeões portugueses. Na prova masculina, Nuno Pinheiro e Tiago Silva uniram esforços para derrotar os principais favoritos ao título, Adrien Berrut e Florent Limani, por 5-7, 7-5 e 10-6 e vão defrontar Daniel Marincas e Tiago Boschmans na final, depois destes terem derrotado Adrian Cristian Gheorghe e George Russell por 1-6, 6-3 e 10-8.

Nos pares femininos, Mariana Campino está apurada para a final. Ao lado da búlgara Yoana Dudova, com quem defende o estatuto de primeira cabeça de série, Campino superou as dinamarquesas Sara Borkop Cecilie Agerbek Fridthjof por 7-6[3] e 6-3. No jogo do título, o par luso-búlgaro defronta as segundas favoritas ao título, Sashi Kempster Emilija Pranyte, que venceram Julia Daroszewska e Dominika Podhajecka por 7-5 e 6-2.


Total
12
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
12
Share