Lena Couto opera reviravolta para entrar a vencer em Vale do Lobo

Semifinalista em Portimão na última semana, a portuguesa Lena Couto estreou-se esta segunda-feira da melhor forma no Vale do Lobo Junior Open, torneio de categoria ITF J5. 12.ª cabeça de série do torneio, a jovem de 14 anos operou uma reviravolta na ronda inaugural para carimbar o passaporte para a segunda eliminatória.

Depois de ter cedido o primeiro parcial para a espanhola Blanca Berges, a tenista lusa respondeu muito bem na segunda partida e adiou a decisão para o terceiro set. Apesar do equilíbrio ter sido notório no último parcial, foi Lena Couto a dar o passo em frente e a fechar o embate nos parciais de 4-6, 6-2 e 7-5.

A jovem portuguesa, contudo, não foi a única tenista “da casa” a trazer a vitória no primeiro dia do quadro principal. Ainda no quadro feminino, Carolina Mesquita surpreendeu a 15.ª cabeça de série, a polaca Julia Daroszewska, com os parciais de 6-7[5], 6-2 e 6-3, ao passo que Mafalda Almeida já liderava por 6-7[4], 6-2 e 5-0 diante da francesa Marie Brard Vidot, quarta favorita ao título, quando esta se retirou. Rita Trocado também beneficiou da desistência da sueca Louise Marie Ternstrom quando vencia por 6-4 e 4-1 para seguir em frente e Sofia Pinto confirmou o estatuto de 16.ª cabeça de série diante da alemã Sophia Ksandinov, com os parciais de 6-7[4], 6-4 e 7-5.

Menos felizes foram Analu Freitas (perdeu por 4-6, 6-4 e 7-6[8] frente a Alicia Álvarez Rojas), Raquel Álvaro (derrotada por 6-3 e 6-1 por Alessandra Sikharulidze), Laura Bettencourt (cedeu por 6-2 e 6-1 para Tia Kaukenas), Andreia Semeano (perdeu por 6-1 e 6-3 frente a Aryana Bartlett), Beatriz Casaca (derrota por 6-2 e 6-3 frente a Cecilie Agerbek Fridthjof), Amália Suciu (derrota por 6-1 e 6-2 frente a Emilija Pranyte) e Inês Rodrigues (cedeu por 6-4 e 6-3 para Sofia Neri). As sete tenistas lusas foram afastadas na primeira ronda.

O quadro masculino também trouxe resultados mistos para os tenistas lusos, mas com várias vitórias à cabeça. Gonçalo Marques, nono cabeça de série, arrasou o romeno Tudor Batin por 6-1 e 6-2, ao passo que Rodrigo Deleu — sexto favorito ao título — teve mais trabalho, mas superou Andrés De los Rios Kolejewska por 3-6, 6-3 e 6-1. Também apurados para a segunda ronda estão Daniel Marincas (6-4 e 6-4 a Brooklyn Bamburac), Filipe Grebentsov (5-7, 7-5 e 6-3 a Alaa Trifi), Luís Miguel Saraiva (3-6, 6-4 e 6-3 a George Russell), Rodrigo Fernandes (6-3 e 6-3 a Julius Augunas) e Tiago Silva (6-2 e 6-2 a Pablo Marcel Torres Almeida).

Apesar dos vários triunfos, também houve desaires para Portugal no quadro masculino. Martim Sousa cedeu por 6-1 e 7-6[5] para o norueguês Fredrik Krogh Solheim, ao passo que João Mineiro não conseguiu discutir o encontro com o búlgaro Rafael Zard e foi derrotado por 6-1 e 6-1. José Freitas também não foi capaz de oferecer muita resistência ao espanhol Oscar Gabriel Barrera e cedeu por 6-2 e 6-1, enquanto que João Martins ainda tentou esboçar uma reação diante do francês Matt Ponchet, mas foi derrotado por 6-1 e 6-4. Mais próximo do triunfo esteve João Gonçalves, que liderou por um set frente ao britânico Mason Dace, mas sofreu a reviravolta e cedeu por 5-7, 6-1 e 6-2. David Gomes ainda obrigou o primeiro cabeça de série, Edouard Aubert, a trabalhar arduamente no primeiro set, mas foi derrotado por 7-6[1] e 6-1, ao passo que João Maia e Miguel Simão não conseguiram oferecer grande resistência e foram derrotados por Nathan Slattery (6-2 e 6-2) e Emilien Demanet (6-0 e 6-1), respetivamente.

Os quadros de pares também arrancaram esta segunda-feira e novamente com presença portuguesa. Vicente Preto, em dupla com o lituano Julius Augunas, derrotou os primeiros cabeças de série, Julian Alonso e Pablo Marcel Torres Almeida, por 6-1 e 7-6[1]. Num par totalmente luso, André Stewart e Duarte Trocado bateram o francês Pablo Leibar e o búlgaro Rafael Zard por 4-6, 6-2 e 10-7, ao passo que os pares constituídos por Guilherme Alves e Guilherme Cruz e Tiago Boschmans e Daniel Marincas derrotaram, respetivamente, Edouard Aubert e Matteo Lavizzari (4-6, 6-4 e 10-5) e Mason Dace e Nathan Slattery (6-2 e 6-2). Afastados na primeira ronda foram Freddie Healey e João Maria Soares (6-1 e 6-1 frente a Tobey Lock e Joan Nadal Vives), Gonçalo Marques e Luís Miguel Saraiva (7-5, 3-6 e 10-6 frente a Emilien Demanet e Matt Ponchet), João Mineiro e Júnior Ribeiro (6-2 e 6-1 frente a Alec Gaudin e Nathan Trouve) e Rodrigo Deleu e João Gonçalves (6-4 e 7-6[5] frente a Kai-Luca Ampaw e Henry Jefferson).

Nos pares femininos, Andreia Semeano e Amália Suciu foram as únicas a festejar, já que venceram as suecas Emma Af Jochnick e Louise Marie Ternstrom por 6-3, 3-6 e 11-9. Constança Azinhaga, ao lado da britânica Andra Sutherland, foi derrotada por 6-2 e 7-5 pelas quintas cabeças de série, a francesa Laura Galdano e a ucraniana Alina Laptieva. Raquel Álvaro e Laura Bettencourt, por sua vez, cederam por 6-2 e 6-1 para as quartas melhores cotadas, a norte-americana Baylen Brown e a marroquina Amina Zeghiouli.


Total
2
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
2
Share