Frederico Silva sobrevive a batalha de mais de três horas em Alicante

Beatriz Ruivo/FPT

Foram precisas mais de três horas, mas Frederico Silva (193.º do ranking ATP) conseguiu entrar a ganhar no Challenger de Alicante, em Espanha, ao derrotar o francês Quentin Halys (158.º) por 6-7(3), 7-6(4) e 7-6(6) depois de 3h07.

Pouco depois de Nuno Borges também se ter estreado com uma vitória na etapa do ATP Challenger Tour que acontece na academia de Juan Carlos Ferrero (ex-número um mundial e atual treinador de Carlos Alcaraz), o caldense de 26 anos teve de recuperar da desvantagem de um set para consumar a vitória e para isso também precisou de dar a volta ao marcador nos dois parciais seguintes, em que Halys teve um break de vantagem.

Com a vitória desta terça-feira, Frederico Silva marcou encontro com o ex-top 30 ATP e atual 317.º classificado, Mischa Zverev, irmão mais velho de Alexander Zverev. O alemão de 34 anos entrou no quadro principal como alternate e na primeira ronda afastou o ucraniano Vladyslav Orlov (também alternate) por autoritários 6-2 e 6-1.


Total
2
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
2
Share