Pedro Araújo termina melhor semana da carreira nas meias-finais do Loulé Open

LOULÉPedro Araújo (798.º do ranking ATP) concluiu este sábado a melhor semana da carreira ao ser derrotado pelo japonês Kaichi Uchida (369.º) nas meias-finais de singulares do Loulé Open, pelos parciais de 6-4 e 6-3.

Aos 19 anos, o tenista lisboeta chegou ao Clube de Ténis de Loulé depois de disputar a primeira final de pares da carreira (foi vice-campeão em Setúbal ao lado de Fábio Coelho) e prolongou o bom momento de forma ao derrotar Sebastian Fanselow, Laurent Lokoli e Arthur Cazaux, mas não conseguiu ter armas para contrariar o parceiro de pares desta semana, com quem chegou às meias-finais.

Se o primeiro set começou sem breaks, ao nono jogo Uchida alcançou a quebra de serviço que lhe permitiu passar para a frente pela primeira vez. Araújo ainda dispôs de duas oportunidades para segurar o serviço, tal como o japonês teve dois pontos de break que não conseguiu concretizar, e numa das vantagens houve uma chamada na linha lateral afastada do árbitro de cadeira que o jogador da Escola de Ténis Jaime Caldeira contestou, e que psicologicamente não conseguiu esquecer.

Depois, Uchida usou a experiência para aproveitar o ascendente — quer no marcador, quer psicológico — e colocou-se rapidamente a liderar por um break. Mas Araújo, que na última semana tinha afastado este adversário na primeira eliminatória do Setúbal Open, não se deu por vencido e apesar de não ter melhorado a consistência no serviço conseguiu equilibrar o parcial até que o terceiro pré-designado fechou a contenda após 81 minutos.

Apesar da derrota, Pedro Araújo tem motivos para sair do Loulé Open satisfeito, uma vez que as meias-finais (e os respetivos seis pontos que conquistou) lhe vão permitir alcançar um novo máximo de carreira no ranking ATP no dia 25 de outubro, tendo projetada a estreia entre os 750 primeiros da tabela mundial.

Quanto a Kaichi Uchida, vai disputar a segunda final da temporada em torneios algarvios. Em março, o tenista japonês sagrou-se campeão do ITF de 25.000 dólares de Vale do Lobo ao vencer uma final de mais de três horas e meia com Sebastian Fanselow. Desta vez, terá pela frente outro tenista alemão: Lucas Gerch, que avançou no primeiro encontro do dia ao bater Maximilian Neuchrist por 6-3 e 7-5.


Total
28
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
28
Share