Ash Barty coloca ponto final em 2021 e falha defesa do título no WTA Finals

A número um mundial, Ash Barty, anunciou esta sexta-feira a decisão de colocar um ponto final na temporada de 2021 — a melhor da carreira. Assim, a australiana será a grande baixa quer nas Billie Jean King Cup Finals (fase final da antiga Fed Cup), quer no WTA Finals, torneio em que é a campeã em título.

“Foi uma decisão difícil de tomar, mas tenho de dar prioridade ao meu corpo, à recuperação da época de 2021 e focar-me em ter uma preparação forte para o verão australiano”, explicou a líder do ranking mundial.

Apesar de ter competido em apenas 13 torneios ao longo de 2021 [dos quais venceu cinco: Melbourne, Miami, Estugarda, Wimbledon e Cincinnati], Barty admitiu ter ficado exausta com o último ano, sobretudo por ter passado mais de oito meses longe do seu país devido às regras de quarentena.

Essa foi, aliás, uma das razões que a tenista australiana apontou para ter tomado esta decisão: “Com os desafios de viagem atuais para Queensland e os requerimentos de quarentena, não estou disposta a comprometer a minha preparação para [competir em] janeiro.”

Corrida até ao fim

A desistência de Ash Barty voltou a fixar em quatro o número de vagas reservadas na edição de 2021 do WTA Finals, que acontecerá em Guadalajara, no México. Aryna Sabalenka, Barbora Krejcikova, Karolina Pliskova e Maria Sakkari, a última durante esta semana, são as quatro atletas com participação garantida no “Masters”, enquanto Iga Swiatek, Garbiñe Muguruza, Paula Badosa e Ons Jabeur ocupam os restantes lugares de apuramento, precisando de mais alguns pontos — ou dias — para assegurarem as respetivas participações.


Total
22
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
22
Share