Campeões Borges e Cabral encontram Rocha e Falcão na final do Campeonato Nacional

Beatriz Ruivo/FPT

OEIRASNuno Borges e Francisco Cabral, campeões em título, qualificaram-se esta quinta-feira para mais uma final de pares no Campeonato Nacional Absoluto/Taça Guilherme Pinto Basto. Desta vez, o maiato e o portuense vão ter pela frente Henrique Rocha e Gonçalo Falcão.

Primeiros cabeças de série, Nuno Borges e Francisco Cabral venceram Frederico Gil e Pedro Araújo por 7-5 e 6-3 nas meias-finais desta quinta-feira para somarem a sétima vitória consecutiva lado a lado, dado que chegaram ao Jamor com os troféus de campeões do Challenger de Tenerife nas bagagens.

Campeões em título, Nuno Borges (“vice” em 2014 com Gonçalo Falcão) e Francisco Cabral (que também venceu o Campeonato Nacional Absoluto em 2016 e 2019) vão disputar a final contra Henrique Rocha e Gonçalo Falcão, que levaram a melhor sobre Tiago Cação e Miguel Gomes no match tie-break, por 6-0, 3-6 e 10-7.

Enquanto Henrique Rocha garantiu a primeira presença da carreira na final de um Campeonato Nacional Absoluto, para Gonçalo Falcão a decisão desta sexta-feira será a sétima entre singulares e pares masculinos: o tenista de 33 anos foi vice-campeão de singulares em 2011, vice-campeão de pares em 2013 (com Frederico Silva) e 2014 (com Nuno Borges) e campeão em 2008 (ao lado de Nuno Páscoa), 2012 e 2018 (ambos com Gonçalo Pereira).

A final de pares masculinos está marcada para não antes das 14h30, dependente do tempo de descanso de Nuno Borges e Francisco Cabral, que não antes das 11h30 disputarão as respetivas meias-finais de singulares (contra Luís Faria e Pedro Araújo).


Total
60
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
60
Share