Duarte Vale derrotado na estreia em quadros principais de Challengers

Beatriz Ruivo/FPT

MAIADuarte Vale (número 748 do ranking ATP) perdeu, esta terça-feira, o primeiro encontro da carreira em quadros principais de torneios do circuito Challenger, ao ser derrotado na eliminatória inaugural do Maia Open I.

Convidado pela organização, o tenista português de 22 anos exibiu-se a um bom nível, mas não conseguiu aproveitar a vantagem ganha com a conquista da primeira partida e perdeu por 6-7(1), 6-3 e 6-2 para o romeno Nicholas David Ionel (435.º).

Num encontro muito equilibrado, Duarte Vale — que passou os últimos quatro anos na Universidade da Flórida e chegou a número dois do prestigiado circuito college, competindo maioritariamente em piso rápido — deixou bons indícios, sobretudo na primeira partida. Depois de sofrer o primeiro break conseguiu imprimir o ténis agressivo que o caracteriza, subir várias vezes à rede e deslocar Ionel para ganhar vantagem no marcador, mas a experiência do romeno falou mais alto e acabou por resultar na reviravolta, que foi consumada ao fim de 2h33.

Próximo de concluir a época que o viu chegar ao top 800 do ranking e às duas primeiras finais de singulares (primeiro em Monastir, depois em Naples), Duarte Vale teria conquistado sete pontos e garantido uma subida de cerca de 60 posições na próxima atualização do ranking caso superasse o desafio inaugural na Maia.

Derrotado em singulares, o jogador de Cascais ainda irá a jogo na variante de pares ao lado do compatriota Gonçalo Falcão.


Total
4
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
4
Share