Frederico Silva opera reviravolta em três horas rumo aos primeiros quartos de final do ano

Beatriz Ruivo/Del Monte Lisboa Belém Open

Frederico Silva (número 239 do ranking ATP) qualificou-se esta quarta-feira para os primeiros quartos de final da temporada com uma reviravolta selada ao fim de 2h55 no Challenger de Forli, em Itália.

Depois de superar o wild card Matteo Arnaldi (360.º) na primeira ronda, o tenista caldense de 26 anos venceu outro convidado “da casa”, Andrea Pellegrino (221.º), mas desta vez precisou de dar a volta ao marcador para triunfar com os parciais de 4-6, 7-6(5) e 7-6(5).

Vice-campeão do Del Monte Lisboa Belém Open em outubro de 2021, Pellegrino chegou a servir para o encontro ao 5-4 do segundo set, mas Frederico Silva não desarmou, devolveu de imediato a quebra de serviço e foi à luta. A partir desse momento não se verificou mais nenhum break — no terceiro parcial não houve, aliás, qualquer ponto de break.

O tenista português até terminou o encontro em desvantagem no total de pontos ganhos (119-123), mas conseguiu o mais importante e qualificou-se para os primeiros quartos de final do novo ano. Na próxima fase terá pela frente ou o primeiro cabeça de série, Vasek Pospisil (atual 138.º e ex-top 30), ou outro wild card italiano, Stefano Napolitano (483.º e ex-top 200).


Total
8
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
8
Share