Muguruza e Kontaveit surpreendidas na segunda ronda; Swiatek avança

A jornada de quinta-feira ainda agora começou e as primeiras surpresas já surgiram em Melbourne Park. Diretamente do quadro feminino, duas cabeças de série e fortes candidatas à vitória final foram surpreendidas e despediram-se da prova na segunda ronda.

Na Rod Laver Arena, Garbiñe Muguruza — finalista em 2020 — teve um dia para esquecer. A número três mundial perdeu perante a francesa Alizé Cornet (61.ª WTA) por 6-3 e 6-3, em uma hora e 27 minutos. A tenista gaulesa conseguiu a 23.ª vitória da carreira sobre tenistas do top 10, numa exibição a roçar a perfeição e na qual cedeu apenas 13 pontos ao serviço. Muguruza, por outro lado, não teve sequer break points e terminou o encontro com 33 erros não-forçados.

Também na Margaret Court Arena houve espaço para a surpresa. Sexta favorita ao título, Anett Kontaveit não teve argumentos para contrariar o excelente nível da jovem Clara Tauson (39.ª WTA) e cedeu por 6-2 e 6-4 em uma hora e 19 minutos.

Apesar de ter sofrido dois breaks, Tauson realizou uma exibição de grande qualidade. A dinamarquesa converteu cinco de nove oportunidades de break, cometeu apenas 13 erros não-forçados — Kontaveit atingiu os 27 — e superou a estónia em número de winners (20 contra 15) para marcar confronto com Danielle Collins (30.ª WTA), que bateu Ana Konjuh (58.ª WTA) por 6-4 e 6-3.

Iga Swiatek, por outro lado, não teve quaisquer dificuldades para se apurar para a terceira ronda. A polaca, sétima cabeça de série, derrotou Rebecca Peterson (82.ª WTA) por 6-2 e 6-2 na John Cain Arena e aguarda por Magda Linette (53.ª WTA) ou Daria Kasatkina (23.ª WTA). Swiatek rubricou 19 winners, converteu 56% dos break points (5/9) e saiu por cima em 53% dos pontos na resposta.


Total
2
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
2
Share