Medvedev resolve o “aborrecido” e avança para os quartos de final do Australian Open

Daniil Medvedev teve de ser paciente (e nem sempre foi fácil), mas conseguiu encontrar a chave para desbloquear o ténis old school do norte-americano Maxime Cressy e qualificou-se para os quartos de final do Australian Open pelo segundo ano consecutivo.

Grande favorito à vitória num torneio onde em 2021 atingiu a final, o tenista russo deixou escapar alguns comentários críticos em relação ao ténis do norte-americano baseado no serviço-volley, mas acabou por resolver a questão e venceu por 6-2, 7-6(4), 6-7(4) e 7-5.

Os comentários de Medvedev surgiram no decorrer da quarta partida, em que o tenista russo precisou de nove pontos de break para finalmente conseguir quebrar o serviço de Cressy (aconteceu ao 5-5) e colocar-se numa posição de fechar o encontro sem precisar de disputar um quinto set.

Ao longo das 3h30 de encontro, o norte-americano subiu por 135 vezes à rede e ganhou 89 desses pontos (66%), que o ajudaram a alinhar mais winners (75) do que Medvedev (60). O russo, no entanto, foi mais consistente e apesar da duração do duelo apenas cometeu 11 erros não forçados (Cressy apontou 49).

Corajoso e eficaz no serviço-rede, Cressy não foi, no entanto, suficientemente perigoso na resposta ao serviço de Medvedev — essa é, aliás, a fragilidade do seu ténis — e falhou a conversão do único ponto de break de que dispôs e que lhe teria valido a conquista da segunda partida.

O fim de linha para Cressy (que antes do Australian Open perdeu a final do ATP 250 de Melbourne para Rafael Nadal) significou o segundo apuramento consecutivo de Daniil Medvedev para os quartos de final. Segue-se o canadiano Félix Auger-Aliassime, que minutos antes chegou pela primeira vez a esta fase.

Última atualização às 07h50.


Total
72
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
72
Share