Borges e Cabral: “Foi dos melhores jogos que já fizemos. É um sentimento inacreditável”

ESTORIL – Pela primeira vez na história do Millennium Estoril Open teremos representação portuguesa na final de pares. Depois da presença de João Sousa na final individual de 2018, foi a vez de Nuno Borges e Francisco Cabral chegarem ao dia das decisões e assim escreverem mais uma página de ouro na sua história lado a lado.

Naquele que foi sem dúvida o maior desafio que enfrentaram enquanto dupla (bateram o ex-número 1 mundial e já campeão do US Open e Australian Open, Jamie Murray (22.º) e o também titulado em Roland Garros, Michael Venus, 11.º da hierarquia), Nuno Borges e Francisco Cabral consideraram ter-se exibido ao seu melhor nível, afirmando que o resultado acaba por ser enganador.

“O resultado pode enganar muito, houve dois ou três pontos de ouro que caíram para o nosso lado. Foi um jogo complicado do início ao fim e fechar um encontro com os nervos é mais complicado. Sabíamos que tínhamos de estar no nosso melhor e conseguimos fazer um grande jogo. Foi uma vitória muito boa, num local especial, num torneio gigante”, considerou Nuno Borges, com Francisco Cabral a ir ao encontro das palavras do parceiro.

“Sabíamos que os adversários eram de outra liga que nós esperamos alcançar um dia. Fizemos um grande jogo, talvez dos melhores que já fizemos. Servimos e respondemos bem e jogamos bem à rede. É um sentimento inacreditável”, revelou.

Sobre a ascensão meteórica que lhes permite jogar a primeira final ATP já este domingo, Francisco Cabral admite que era algo “não estava à espera mas estava preparado para acontecer. Acreditava em mim e as pessoas que me aconselharam sabiam do nosso potencial. Não estava de todo à espera. É uma grande conquista da nossa parte. Só tenho de estar feliz e continuar. Não quero pôr nenhum limite”.

Para a final destes domingo, disputada a partir das 13h contra Máximo Gonzalez e André Goransson, o lema é o mesmo: “preparar da mesma maneira, manter a mesma rotina”.


Total
2
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
2
Share