Ons Jabeur e Jessica Pegula protagonizam final entre estreantes no WTA 1000 de Madrid

Ons Jabeur (10.ª) e Jessica Pegula (14.ª ) nunca antes tinham alcançado a final de um evento WTA 1000 e são esta semana as duas últimas resistentes que chegaram ao dia da decisão do título em Madrid. Saíram por cima dos improváveis embates das meias-finais com vitórias contundentes e vão este sábado partilhar court em busca do troféu mais importante das respetivas carreiras. 

Para se tornar na primeira mulher árabe a disputar a final de uma prova desta magnitude, Jabeur superou o último teste com uma exibição digna de registo e ao fim de uns curtos 62 minutos ‘despachou’ a tarefa com Ekaterina Alexandrova (45.ª) por 6-2 e 6-3, com dois breaks de vantagem no primeiro set e um no segundo.

Já Pegula, que está a um passo de voltar a colocar os Estados Unidos na lista de campeãs WTA 1000 três anos depois, também não perdeu tempo para assumir o estatuto de favorita no embate desta quinta-feira e de forma clara superou a suíça Jil Teichmann (35.ª) por 6-3 e 6-4 ao cabo de cerca de uma hora e 20 minutos.

Ons Jabeur e Jessica Pegula vão este sábado encontrar-se frente a frente pela quinta ocasião no circuito profissional e o historial regista um pleno equilíbrio: enquanto a segunda venceu no Quebec (2018) e em Montreal (2021), a primeira restabeleceu a igualdade ao triunfar em Chicago (2021) e no Dubai (em fevereiro deste ano).


Total
66
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
66
Share