Três dias depois, Francisca Jorge e Matilde Jorge repetem final de pares em Santa Margherita di Pula

Sara Falcão/FPT

Já era terça-feira e Francisca Jorge e Matilde Jorge ainda estavam a disputar a final de pares do primeiro de dois torneios de 25.000 dólares que planeavam disputar em Santa Margherita di Pula, Itália. Agora, apenas três dias depois, as vimaranenses estão novamente apuradas para uma decisão, que lhes pode valer o primeiro título internacional lado a lado.

Primeiras cabeças de série, Francisca Jorge e Matilde Jorge, de 22 e 18 anos, respetivamente, não perderam tempo e qualificaram-se para o encontro de atribuição do título com um triunfo por 6-2 e 6-3 sobre a colombiana Yuliana Lizarazo e a argentina Jazmin Ortenzi, terceiras favoritas.

A final deste sábado, em Santa Margherita di Pula — onde há uma semana a chuva ameaçou cancelar a decisão —, será a quarta para as irmãs de Guimarães lado a lado em torneios do circuito internacional.

Vice-campeãs do Loulé Open, em outubro de 2021, do Magnesium-K Active Ladies Open, em abril de 2022, e do referido ITF de Santa Margherita di Pula, já este mês, Francisca e Matilde vão procurar o primeiro troféu de campeãs enquanto parceiras frente às italianas Martina Colmegna e Lisa Pigato, segundas cabeças de série.


Total
1
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
1
Share