Depois de Madrid, Roma: Jabeur alcança segunda final consecutiva e junta-se a Swiatek

Ons Jabeur esteve entre a espada e a parede nos quartos de final e voltou a estar apertada nas meias-finais deste sábado, mas uma vez mais conseguiu livrar-se de uma situação complicada e, após salvar um match point, derrotou Daria Kasatkina para alcançar a final do WTA 1000 de Roma. Campeã em Madrid, há uma semana, a tunisina pode conquistar o segundo maior título da carreira (o torneio italiano só entrega 900 pontos à campeã) no domingo, mas a adversária que se segue é, de longe, a melhor da atualidade.

Por mares nunca dantes navegados, Jabeur voltou a fazer da terra batida do Foro Itálico sua casa e este sábado aplicou os parciais de 6-4, 1-6 e 7-5 à russa, que serviu ao 5-4 para a vitória e chegou a ter um ponto de encontro antes de sofrer o contra-break.

Assinado em 1h56, este foi o 11.º triunfo consecutivo de Jabeur, que na final de Roma terá pela frente Iga Swiatek. A polaca, número um mundial, atravessa uma série vitoriosa ainda mais impressionante — são 27 triunfos consecutivos — e venceu os primeiros três WTA 1000 da época, em Doha, Indian Wells e Miami, bem como o WTA 500 de Estugarda antes de abdicar da viagem à capital espanhola, onde a derradeira adversária desta semana triunfou.

A final de domingo, no Campo Centrale do histórico torneio de Roma, será, por isso, um enorme espetáculo, com as duas melhores jogadoras da atualidade frente a frente naquele que é o derradeiro ensaio antes de Roland-Garros.


Total
2
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
2
Share