Nuno Borges estreia-se em torneios do Grand Slam com vitória em Roland-Garros

Millennium Estoril Open

A espera terminou: no dia em que voltou a atingir o melhor ranking da carreira (126.º), o português Nuno Borges cumpriu a tão desejada estreia em torneios do Grand Slam e fê-lo com uma vitória, ao carimbar o apuramento para a segunda ronda do qualifying de Roland-Garros, em Paris.

A defender o estatuto de 20.º cabeça de série, o tenista maiato levou a melhor sobre o italiano Thomas Fabbiano (187.º) em três partidas, por 6-3, 1-6 e 6-2.

Aos 25 anos, Nuno Borges tornou-se no 14.º homem português a estrear-se em torneios do Grand Slam desde o início da Era Open (1968), uma estreia que esteve perto de acontecer logo no arranque da temporada, em Melbourne, antes de um teste protocolar positivo à covid-19 o afastar do Australian Open quando estava a poucas horas de entrar em ação.

Na segunda de três rondas da fase de qualificação, Nuno Borges terá pela frente o brasileiro Felipe Meligeni Rodrigues Alves (189.º), que afastou o norte-americano Bradley Klahn (437.º) por 6-3 e 6-3.

Para além do número dois nacional, também competem no qualifying de Roland-Garros Gastão Elias (155.º) e Pedro Sousa (293.º), igualmente com estreias marcadas para esta segunda-feira. O lourinhanense defronta o argentino Nicolas Kicker (205.º), enquanto o lisboeta mede forças com o australiano Max Purcell (172.º). João Sousa (79.º) é o único português confirmado no quadro principal e antes de viajar para Paris ainda compete no ATP 250 de Genebra, na Suíça.


Total
6
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
6
Share