Rune desiste e tira a estreia em Roland-Garros a Francisco Cabral

Francisco Cabral está em Paris desde sábado e esperou até esta quinta-feira para cumprir a estreia em torneios do Grand Slam, uma vez que a organização adiou ao máximo o encontro para dar tempo a Jo-Wilfried Tsonga de recuperar de uma lesão no ombro direito. Mas não só o tenista francês desistiu, sendo substituído por outra dupla já esta manhã, como também o parceiro do português, Holger Rune (que venceu em singulares), abdicou, uma decisão que tirou ao portuense a oportunidade de se estrear em torneios deste nível já em Roland-Garros — o repair com outro jogador deixa de ser possível após o sorteio.

A viver uma temporada (e uns últimos 12 meses) de sonho, com a conquista do Millennium Estoril Open em pares como o momento mais dourado, Francisco Cabral chegou a Paris como 72.º no ranking mundial de pares — a melhor classificação atual de um tenista português — e iria cumprir em Roland-Garros um sonho de criança. Com os acontecimentos desta quinta-feira, esse sonho fica adiado para Wimbledon.


Total
138
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
138
Share