Iga Swiatek radiante com o título: “A pressão era enorme, mas fiz de tudo para chegar aqui”

Iga Swiatek foi a protagonista de mais um capítulo dourado e voltou este sábado a fazer a festa do título de campeã de Roland-Garros, dois anos depois. A líder do ranking mundial, que já não sabe o que é perder desde fevereiro, não teve grandes dificuldades para se evidenciar perante Cori Gauff e ao fim de pouco mais de uma hora adicionou o sexto troféu às contas de um ano de 2022 fenomenal.

Logo no início do discurso em pleno Court Phillipe-Chatrier, a jogadora de Varsóvia deixou bonitas palavras à jovem adversária de 18 anos: “Dou-te os parabéns pelo que tens feito, é um trabalho incrível e tenho-o acompanhado a cada mês. Quando eu tinha a tua idade estava no meu primeiro ano no circuito e nem fazia ideia do que andava a fazer. Tu vais chegar onde queres, não tenho dúvidas.”

Recordando o título de estreia em Grand Slams somado naquele palco em 2020, Swiatek frisou que o apoio do público foi essencial para esta nova conquista: “Foi incrível ganhar este título há dois anos, não o esperava. Desta vez, sinto que trabalhei muito. A pressão era enorme, mas fiz de tudo para chegar aqui. Foi um caminho difícil e agradeço a todos os fãs, vejo muitas bandeiras da Polónia por aí. É tão bom ter-vos nos momentos complicados, sinto uma motivação extra cada vez que venho cá e espero sempre por voltar.”

Não deixou ainda passar a invasão russa e deixou uma mensagem de solidariedade aos ucranianos: “Queria ainda dizer algo à Ucrânia: continuem fortes. A guerra ainda não acabou e desde o meu primeiro discurso de campeã, em Doha, esperava que a situação já tivesse melhorado. Mantenho a esperança e vou continuar a apoiar.”


Total
2
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
2
Share