Tiago Cação sofre reviravolta e é afastado do Oeiras Open 3

Sara Falcão/FPT

OEIRAS – Tiago Cação (600.º do ranking atp) foi o primeiro português a ir a jogo no quadro principal do Oeiras Open 3 e não andou longe de bater o alemão Tobias Kamke (349.º), cedendo com os parciais de 6-7(7), 6-2 e 6-4.

Num encontro marcado pelas oportunidades desperdiçadas por Tiago Cação (dois break points concretizados em 18 chances), o penichense foi quem mais perto esteve de passar definitivamente para a frente do placar no set decisivo, mas alguma passividade nas três ocasiões no quinto jogo e uma no penúltimo jogo, aliada à coragem do adversário nesses pontos fulcrais, deixaram o tenista de 24 anos às portas de um triunfo importante (na próxima semana Cação vai cair, pelo menos, 25 posições na hierarquia). No derradeiro jogo do duelo, o agora jogador da LX Team ainda permitiu a recuperação de 30-0.

Convidado da organização, Tiago Cação não conseguiu dar a primeira vitória a Portugal no terceiro Oeiras Open, mesmo que certamente tenha sentido ter qualidade para ultrapassar o experiente opositor. Quanto a Tobias Kamke – que chegou a ser 64.º do mundo e soma oito troféus no ATP Challenger Tour em 16 finais – fica agora a aguardar pelo desfecho do embate desta segunda-feira entre Kaichi Uchida (terceiro cabeça de série) e Louis Wessels para saber quem defronta na segunda eliminatória.


Total
14
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
14
Share