Coppejans vs. Uchida: dois tenistas da mesma geração na final do Oeiras Open 3

FPT

OEIRAS – Conhecem-se desde os tempos juvenis e este domingo vão lutar pelo título do terceiro Oeiras Open da temporada. Kimmer Coppejans e Kaichi Uchida estão preparados para um desafio extremamente relevante nas respetivas carreiras e surgem no encontro decisivo com bastante confiança, já que eliminaram nas meias-finais os dois principais favoritos a vencer o troféu no Jamor.

Kimmer Coppejans tirou da prova Roberto Carballes Baena na primeira ronda (primeiro cabeça de série) e nas meias-finais derrotou Nicolas Jarry (terceiro), numa dura batalha resolvida num tie-break de terceiro set. O belga – que conta no currículo com cinco títulos Challenger em 10 finais, um troféu em Roland-Garros no escalão júnior e o 97.º do ranking como melhor posição – diz sentir-se “muito feliz” pelo quebrar do jejum de 15 meses sem finais a este nível, conta que o segredo tenho sido desfrutar dos encontros sem colocar excessiva pressão nele próprio e, ao contrário deste sábado onde aparecia como ‘underdog’, não vê nenhum dos dois finalistas como claro favorito.

Já Kaichi Uchida vai disputar no Court Central do Complexo de Ténis do Jamor a segunda final a nível Challenger, primeira da temporada. Apontado essencialmente como tenista para pisos mais rápidos, o japonês considera que os courts lentos em Portugal ajudam o seu ténis – a final do Oeiras Open 3 será a sua terceira final por cá depois dos títulos ITF, em hard courts, em Vale do Lobo e Loulé em 2021 -, bem como o facto de “tudo ser bom” por cá. Contente com o nível que tem apresentado no serviço, Uchida não esperava sair-se tão bem nesta semana, mas sente que pode vencer o derradeiro embate do torneio.


Total
2
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
2
Share