Neuza Silva: “Contra muitos obstáculos, conseguimos cumprir o nosso objetivo e saímos com um sentimento de dever cumprido”

A seleção nacional feminina saiu de Escópia com a subida ao Grupo II da Zona Europa-África da Billie Jean King Cup assegurada e a semana passada na capital da Macedónia do Norte levou a capitã portuguesa, Neuza Silva, a fazer um balanço positivo.

“Contra muitos obstáculos, conseguimos cumprir o nosso objetivo de fazer esta equipa subir de volta à segunda divisão”, disse ao Raquetc após a vitória por 2-1 contra a Macedónia do Norte, conseguida no terceiro set do par decisivo. “Foi uma jornada muito sofrida, com muitos nervos, muita garra e muita luta, contra um estádio aos gritos contra nós e muita falta de conduta. Reunimos força para nos mantermos focadas e canalizarmos a energia para ganharmos a eliminatória.”

Sobre o adiamento do encontro decisivo de sábado para domingo devido ao mau tempo, Neuza Silva explicou que a equipa tentou “manter a tranquilidade” porque “não havia muito a fazer senão esperar que a tempestade passasse”. E acrescentou: “Como é óbvio há sempre ansiedades a controlar, mas encarámos a situação da melhor maneira possível.”

E, a finalizar, afirmou que “a equipa está totalmente de parabéns, saímos com uma alegria brutal e o sentimento de dever cumprido.”


Total
32
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
32
Share