João Sousa confirmado no quadro principal do US Open, Nuno Borges “à espreita”

O português João Sousa (58.º classificado no ranking ATP) viu esta quarta-feira confirmada a entrada direta no quadro principal do US Open, o quarto e último torneio do Grand Slam da temporada. Nuno Borges (111.º) precisa de algumas desistências para se juntar ao vimaranense, mas terá sempre assegurada a presença no qualifying, tal como Gastão Elias (200.º).

A edição de 2022 do “Major” norte-americano assinalará o regresso do número um nacional ao quadro principal, um ano depois de ter sido forçado a disputar o qualifying (caiu na primeira ronda) pela primeira vez desde 2012.

Esta será, por isso, a nona participação de João Sousa no quadro principal de singulares do US Open, um registo sem igual no ténis português e que lhe permitirá igualar o número de participações no quadro principal do Australian Open — mais só em Roland-Garros, onde já disputou por 11 vezes o quadro principal (fê-lo oito vezes em Wimbledon).

Se o vimaranense de 33 anos tem assegurada a presença entre a elite em Flushing Meadows, Nuno Borges ainda só está confirmado no qualifying. Mas o maiato, que disputará pela primeira vez o US Open como tenista profissional, ocupa o 11.º lugar na lista de alternates e, a mais de um mês do arranque do torneio, não é descabido considerar um cenário em que não precise de disputar a fase de qualificação — até porque da lista ainda faz parte, por exemplo, Novak Djokovic, que ao que tudo indica não poderá entrar em território norte-americano por não cumprir os requisitos de vacinação contra a covid-19.

Para além de Nuno Borges, também Gastão Elias está garantido na lista de participantes do qualifying, que só será oficializada nos próximos dias.


Total
26
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
26
Share