Begu estraga a festa da casa e celebra em Palermo quinto troféu da carreira

Irina-Camelia Begu (45.ª) vivia um jejum de conquistas desde 2017 e pelo meio contava apenas com uma final alcançada, mas este domingo encerrou o capítulo e voltou a reencontrar-se com o êxito. A número três romena estragou os planos ao público anfitrião e vestiu a pele de ‘carrasco’ ao bater Lucia Bronzetti (78.ª) na final do WTA 250 de Palermo e conquistar o quinto troféu da carreira no circuito principal.

Numa contenda de sentido único, a jogadora da casa exibiu-se muito aquém do necessário para atrapalhar as contas da mais cotada. Sem grandes adversidades, Begu alcançou a glória na Sicília ao dominar contundentemente pelos parciais de 6-2 e 6-2, selados ao fim de uma hora e meia e assentes em seis breaks rubricados face a apenas dois sofridos.

Encerrado um jejum de cinco anos sem celebrar o título de campeã, Irina-Camelia Begu adiciona ao curriculum a quinta conquista ao mais alto nível, depois Tashkent (2012), Seul (2015), Florianópolis (2016) e Bucareste (2017). Ainda algo distante de superar o melhor registo na tabela – a 22.ª posição -, a romena vai ascender ao 33.º posto já esta segunda-feira e recuperar o estatuto de número dois do seu país. Quanto a Lucia Bronzetti, que disputou a primeira final da carreira no WTA Tour, ruma ao seu melhor ranking – o 65.º lugar.


Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
0
Share