Sinner conquista Umag e impõe segunda derrota consecutiva a Alcaraz em finais

Jannik Sinner chegou a Umag sem qualquer meia-final disputada em 2022, mas despediu-se da cidade croata de bagagem cheia: este domingo, o italiano recuperou da desvantagem de um set para bater o campeão em título, Carlos Alcaraz, a quem impôs a segunda derrota consecutiva em finais — o espanhol foi vice-campeão em Hamburgo há uma semana.

Numa decisão de luxo (a oitava do ano entre dois jogadores do top 10 mundial), o italiano exibiu-se a um nível estratosférico e foi recompensado com uma das melhores vitórias da carreira: 6-7(5), 6-1 e 6-1 frente ao espanhol, que na segunda-feira subirá a número quatro do Mundo, para erguer o sexto troféu de campeão da carreira no circuito principal e primeiro desta época — bem como o primeiro em terra batida.

Com a vitória deste domingo, que lhe permitiu repetir o sucesso na quarta ronda de Wimbledon cerca de um mês antes, Sinner tornou-se no primeiro jogador da história a impor uma derrota a Alcaraz depois de perder o primeiro set em terra batida (até aqui o espanhol tinha um registo de 33-0 ao mais alto nível) e também no primeiro a derrotar o jogador de Múrcia em 2022 após ceder a primeira partida (36-0 antes desta final).

Este é o sexto título da carreira para o italiano de 20 anos, mas o primeiro em 2022 e, sobretudo, o primeiro desde que optou por deixar o treinador Ricardo Piatti. Apesar da boa campanha, Sinner não subirá no ranking e até deverá perder posições não nesta segunda-feira, mas na seguinte, quando forem descontados os 500 pontos que optou por não defender relativos ao título de 2021 no ATP 500 de Washington, o mais importante da carreira.


Total
32
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
32
Share