Seleção masculina de +35 termina o Campeonato do Mundo de Veteranos com a medalha de bronze

Francisco Melim/Federação Portuguesa de Ténis

OEIRAS — Em 2021 a medalha de prata, em 2022 a medalha de bronze: a seleção masculina de +35 conquistou, esta sexta-feira, o terceiro lugar no Campeonato do Mundo de Veteranos por Equipas, igualando o feito da equipa feminina, que também no Complexo de Ténis do Jamor fechou a campanha com uma vitória.

Um dia após a derrota para a Espanha no par decisivo, Portugal reencontrou-se com os triunfos ao vencer os Estados Unidos da América por 2-1 na última jornada da Italia Cup.

A primeira vitória foi assinada por Gonçalo Nicau, que na estreia em singulares não perdeu tempo e superou Tyler Browne por claros 6-1 e 6-1.

Depois, coube a Fred Gil selar a eliminatória e o ex-62.º classificado no ranking ATP não desiludiu: pela quarta vez em quatro encontros de singulares, cumpriu com o desafio, desta vez ao vencer Christian Guevara pelos parciais de 6-4 e 6-2.

O encontro entre Portugal e os Estados Unidos da América concluiu-se com o encontro de pares, no qual o capitão, Rui Machado (pela primeira vez ausente dos encontros de singulares), lançou a jogo José Ricardo Nunes e Gonçalo Nicau. Os dois algarvios perderam por 6-1 e 6-4 com os norte-americanos Tyler Browne e Nicholas Brunner.


Total
36
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
36
Share