Frederico Silva sofre reviravolta e despede-se na estreia em Meerbusch

Beatriz Ruivo/Del Monte Lisboa Belém Open

Frederico Silva (250.º) esteve a meio caminho de inserir o nome na segunda eliminatória do Challenger 80 de Meerbusch, na Alemanha, mas não conseguiu levar os esforços até ao fim e acabou por sair de cena ao desafio de estreia. O jogador das Caldas da Rainha deixou escapar a liderança diante do russo Alexander Shevchenko (170.º) e ao fim de uma batalha de mais de duas horas cedeu pelos parciais de 4-6, 6-3 e 6-3.

O número quatro nacional passou para a frente do panorama ao desenvencilhar-se da igualdade na reta final do primeiro parcial e até teve duas hipóteses de se apoderar do domínio no segundo, mas Shevchenko não se deu por vencido e recuperou da desvantagem com duas quebras aplicadas. O nórdico manteve o ascendente no encontro e também no derradeiro set foi mais eficaz do que Silva para consumar a remontada.

Após quatro torneios em que ultrapassou pelo menos a primeira ronda, Frederico Silva volta a perder na estreia e sem compromisso marcado nos pares já coloca o foco na próxima paragem. O caldense é o único português inscrito no Challenger de Grodzisk Mazowiecki, na Polónia, enquanto Gastão Elias (199.º) passa a encarregar-se exclusivamente da representação lusa esta semana, em Lima.


Total
2
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
2
Share