João Sousa perde uma posição no ranking; Nuno Borges mantém-se às portas do top 100

A atualização do ranking ATP desta segunda-feira não trouxe mudanças drásticas para os representantes nacionais e a permanência de João Sousa no top 60 mundial não foi ameaçada pelo adeus precoce em Montreal. Nuno Borges assegurou a manutenção do seu posto às portas do lote dos 100 melhores numa semana sem competição, enquanto a boa campanha de Gastão Elias conduziu-o a conquistar quatro posições.

Ausente do quadro de qualificação do Masters 1000 de Cincinnati devido a lesão, João Sousa caiu um posto na hierarquia mundial e fixa-se enquanto 59.º classificado, após ceder à primeira nas rondas prévias em solo canadiano. E o vimaranense está cada vez mais próximo de deixar de ser o único nome luso no top 100 ATP, já que Nuno Borges – em modo de preparação para a estreia no qualifying do US Open – se situa no 103.º lugar da tabela.

A chegada aos quartos de final do Challenger de Lima traduziu-se numa subida de quatro lugares por parte de Gastão Elias, que assegurou a manutenção no top 200 ao subir para 195.º posicionado. O lourinhanense é o único português a competir esta semana nos dois principais circuitos e procura ganhar em Santo Domingo mais ritmo antes do regresso a Flushing Meadows no final deste mês.

Sem atuar, Frederico Silva seguiu sentido inverso e caiu um patamar, ao colocar-se como 251.º cotado, ao passo que João Domingues seguiu rumo inverso e registou uma subida de um posto rumo ao 298.º. Gonçalo Oliveira perdeu três posições e é agora 388.º mundial, enquanto Duarte Vale (518.º) e Pedro Araújo (534.º) somaram subidas pouco significativas.

Foi Pedro Sousa (550.º) o português mais malogrado com a atualização do ranking masculino e a queda de 108 posições traduziu-se numa descida abrupta para fora do top 500, pela primeira vez desde março de 2016.

No que à variante de pares diz respeito, mesmo sem competir Francisco Cabral (48.º) voltou a afirmar-se como número um do país e assegurou a permanência no top 50 mundial, enquanto Nuno Borges (79.º) fez esta segunda-feira a estreia no top 80 da variante.


Total
2
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
2
Share