Murray derrota Wawrinka em duelo de luxo na primeira ronda de Cincinnati

O encontro mais aguardado da jornada de segunda-feira no ATP Masters 1000 de Cincinnati, nos Estados Unidos da América, sorriu a Andy Murray, que depois de quase três horas em campo derrotou Stan Wawrinka para inscrever o nome na segunda ronda de uma prova que já venceu em duas ocasiões.

Frente a frente pela 22.ª vez em encontros oficiais, o britânico de 35 anos e o suíço de 37 anos batalharam durante 2h58, até que a vitória sorriu ao mais novo pelos parciais de 7-6(3), 5-7 e 7-5.

Num encontro de alta qualidade do início ao fim, também houve tempo e espaço para drama: Murray e Wawrinka chegaram a ser assistidos em simultâneo no decorrer da terceira partida, na qual o suíço até foi o primeiro a consumar uma quebra de serviço ao aproveitar as cãibras do adversário, e nos últimos instantes do duelo o britânico perdeu direito ao primeiro serviço no terceiro dos quatro match points de que precisou por demorar demasiado tempo a ficar pronto para iniciar o ponto.

Mas no final foi a qualidade de jogo que acabou reconhecida pelo público de Cincinnati, que aplaudiu de pé quer a despedida de Wawrinka, quer o agradecimento de Murray, campeão do torneio em 2008 e 2011.

Com a 13.ª vitória da carreira frente ao suíço, Murray marcou encontro com o compatriota Cameron Norrie, que no Ohio defende o estatuto de nono cabeça de série e iniciou a campanha com uma suada vitória por 7-6(5), 4-6 e 6-4 sobre o dinamarquês Holger Rune.


Total
4
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
4
Share