Raducanu despacha Azarenka e volta a impressionar nos EUA

Na terça-feira a primeira vitória sobre uma ex-número um mundial, na quarta-feira a segunda.

Menos de 24 horas depois de derrotar Serena Williams no encontro que marcou a despedida da norte-americana a Cincinnati, Emma Raducanu voltou a impressionar e “despachou” Victoria Azarenka para inscrever o nome nos oitavos de final do WTA 1000 do estado do Ohio, nos Estados Unidos da América.

Tal como na véspera, a jovem britânica de 19 anos concicliou um dia não da adversária — tal como Serena, Azarenka também já passou pela liderança do ranking WTA e tem o US Open entre as suas conquistas — com uma exibição muito sólida para seguir em frente.

Se na terça-feira o fez com os parciais de 6-4 e 6-0, esta quarta-feira foi ainda mais autoritária: 6-0 e 6-2 foram os parciais de uma vitória que, a dada altura, pareceu encaminhada para uma “bicicleta”.

Em apenas 62 minutos e com a ajuda de 18 winners, Raducanu celebrou a terceira vitória da carreira frente a uma adversária do top 25 mundial (Azarenka é a 22.ª da hierarquia) e a primeira desde a triunfal caminhada no US Open, cuja defesa do título se aproxima a passos largos.

Apurada para os oitavos de final em Cincinnati, onde nunca antes tinha competido, Emma Raducanu tem encontro marcado com a norte-americana Jessica Pegula, número oito mundial que sobreviveu às investidas da qualifier Marta Kostyuk e venceu por 6-7(5), 6-1 e 6-2.


Total
52
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
52
Share