Linda Fruhvirtova vive semana de sonho em Chennai e conquista primeiro título WTA aos 17 anos

Momentos depois de Brenda Fruhvirtova (192.ª) ter somado em Itália o sétimo título ITF desta temporada – quinto consecutivo – com apenas 15 anos, foi a vez de também a irmã mais velha dispor da ocasião para brilhar: aos 17 anos e 141 dias, Linda Fruhvirtova (130.ª) viu chegar até ao topo um percurso imaculado no WTA 250 de Chennai e entrou para a grelha de campeãs ao mais alto nível após operar uma reviravolta frente à polaca Magda Linette (67.ª), consumada por 4-6, 6-3 e 6-4.

Depois de ter visto o primeiro parcial pende para o lado da jogadora de Poznan – que tinha em mente um regresso aos troféus após um jejum de dois anos -, Fruhvirtova levou a cabo os esforços necessários para restabelecer a igualdade, mas no derradeiro set o sonho parecia encaminhar-se para se lhe escapar: esteve em desvantagem por 1-4, mas a jovem checa ainda foi a tempo de reverter a situação para assegurar um lugar entre as recordistas da precocidade.

Feita a estreia no top 100 esta segunda-feira, ao figurar na 74.ª posição da hierarquia WTA, Linda Fruhvirtova torna-se a mais jovem campeã desta temporada no circuito principal feminino e só três meses de diferença a impedem de superar o registo de Cori Gauff, que na temporada passada conquistou em Parma o primeiro título do palmarés com apenas 17 anos e 70 dias.


Total
2
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
2
Share