Roger Federer vai fazer despedida nos pares: “Com Nadal seria o meu sonho”

Já se contam os dias para a aguardada despedida de Roger Federer do circuito profissional. Aos 41 anos, o antigo número um mundial e campeão de 20 Grand Slams desvendou na semana passada que iria colocar um ponto final na carreira já neste fim de semana. É a maior estrela da quinta edição da Laver Cup, mas o adeus não será feito em singulares: “Talvez seja possível jogar pares com o Nadal, seria o meu sonho.”

“Estou feliz e surpreendido com o meu nível, mas não poderei jogar singulares. Vou jogar pares na sexta-feira à noite. Perguntei ao capitão Bjorn Borg e ele disse que poderia fazer o que quisesse, ver-me novamente em court seria um sonho para todos. A pressão que tenho é grande, mas vou tentar ser competitivo. Acho que vou jogar a um nível aceitável”, afirmou Roger Federer em declarações à imprensa helvética presente na O2 Arena.

Recordando momentos dolorosos, Federer confessa que a experiência na temporada passada esteve longe de ser positiva: “O regresso no ano passado foi muito difícil, estava muito longe de 100%. Foi surpreendente ter alcançado os quartos de final em Wimbledon, mas o último set que depois perdi com Hubert Hurkacz foi um dos piores da minha carreira. Senti que já nada funcionava, que acabou.”

“Vou tentar manter-me sempre em boa forma, sinto-me bem no meu dia a dia. A minha grande esperança é poder voltar a fazer todas as outras coisas de novo: esquiar, jogar futebol… Quero voltar ao meu quotidiano”, concluiu o campeoníssimo de 41 anos.


Total
42
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
42
Share